terça-feira, 9 de julho de 2013

Dicas de como escrever um artigo científico


Antes de começar, uma observação inicial: nesta postagem tenho em mente principalmente os estudantes de iniciação científica e aqueles que estão nas vésperas de apresentar um TCC ou artigo para concluírem o curso. Para quem já tem experiência no assunto, essa postagem talvez seja apenas uma curiosidade.

A primeira consideração a ser feita é: você tem algo "novo" para dizer sobre algum assunto científico ou tecnológico? Se a resposta for "não", então, infelizmente, você não está pronto nem tem material para escrever um artigo científico. O artigo científico é fruto de uma pesquisa científica, pode levar meses ou até mesmo anos para chegarem os resultados. E mesmo assim, os resultados podem, caprichosamente, serem nulos. Claro que esse problema inicial pode ser "contornado" pelo seu orientador, se ele estiver disposto a acelerar o seu aprendizado e já tiver uma pesquisa em andamento na área de interesse.

Superado o problema anterior, isto é, você tem material e resultados para colocar no papel, vem o segundo desafio: como escrever o bendito artigo científico. Escreva frases curtas, longos períodos podem deixar o leitor confuso e aumentam as suas chances de cometer erros de concordância. Lembre-se: você não está fazendo literatura. Em geral, os eventos científicos e os periódicos (revistas) disponibilizam modelos de como o artigo deve ser escrito. Siga o modelo bem de perto.

Evite o plágio. O plágio (mesmo que seja "acidental") é um pecado grave em uma publicação científica (ou literária). Sempre que usar a ideia de alguma outra pessoa, faça a devida referência. Se for uma citação direta, use as aspas para indicar. Todo o material que você consultou e usou para escrever o seu artigo deve aparecer nas referências bibliográficas. Novamente, veja o modelo para fazer as citações e referências de forma adequada.

Antes de submeter o artigo, entregue para  o seu orientador ler. Ele precisa dar o "ok" final. Entregue com alguma antecedência, caso contrário, você não terá tempo de fazer as (possíveis e necessárias) correções. Seja humilde: aceite as sugestões. Só deixe de fazer as modificações sugeridas se ficar completamente impossibilitado por falta de tempo ("deadline" do evento). 

Um outro ponto fundamental: ler. Leia artigos relacionados com área de pesquisa que você estudando. Leia outros assuntos. Leia literatura. Quanto mais você ler, menos dificuldade você terá para escrever. Escrever não é fácil, mas com a prática as ideias fluem para o papel (ou para tela do computador) com uma certa facilidade. Esse é um trabalho árduo, mas pode trazer bons frutos.

E revise. Revise sempre. Depois de escrever, faça uma leitura crítica.  Pergunte-se: "o tema foi bem explicado?", "faltou alguma referência importante?", "fiz uma revisão da literatura adequada?", "existe alguma coisa que não ficou bem esclarecida?", "os resultados mais importantes estão aqui?", "esses 'trabalhos futuros' são fantasiosos?".

Por fim, boa sorte com o seu artigo! E boa pesquisa!

Para saber mais sobre o assunto:

3 comentários:

  1. Adorei as dicas e também os links para saber mais...acho super válida essa ação de divulgar aspectos tão importante do reino acadêmico. Valeu mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Opa, temos uma leitora! Obrigado pela opinião Leonarda.

      Excluir